Rio 2016 apoia Frutos do Mar Certificados MSC e ASC

03|12|2013

O Comitê Organizador do Rio 2016 para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos anunciou hoje um acordo global para promover frutos do mar certificados pelo Marine Stewardship Council (MSC) e pelo Aquaculture Stewardship Council (ASC) nos Jogos Rio 2016.

Este anúncio significa que todos os frutos do mar servido aos atletas, funcionários, imprensa e nos restaurantes serão certificados como sustentáveis provindos da pesca selvagem (MSC) e de viveiros responsáveis (ASC). Com mais de 14 milhões de refeições servidas durante 27 dias, o fornecimento de alimentos dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos representa um enorme desafio para cada cidade-sede e é descrito como a maior operação de paz de fornecimento de alimentos do mundo.

O Memorandos de Entendimento (MOU) entre o Rio 2016 e o ASC e entre o Rio 2016 e o MSC foram assinados hoje. Os MOUs refletem o compromisso do Comitê Organizador Rio 2016 em organizar e realizar os Jogos de tal forma a minimizar os efeitos adversos e maximizar os benefícios para o meio ambiente, promovendo o desenvolvimento sustentável e sensibilizando a opinião pública em matéria de proteção ambiental.

"Rio 2016 tem como objetivo utilizar o poder de transformação dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos para reforçar, promover e celebrar a fantástica variedade de frutos do mar do Brasil", disse Leila Luiz, Chefe de alimentação e bebidas do Rio 2016.

"Estamos ansiosos para trabalhar em parceria com o MSC e o ASC e apoiar o trabalho respeitado que eles têm feito com a pesca e aquicultura do Brasil. Isso irá garantir que o nosso serviço não só melhore a indústria de alimentos local, mas também o padrão que vai deixar um legado duradouro e positivo pós Jogos para Rio de Janeiro e do Brasil." diz Julie Duffus, Gerente de Sustentabilidade do Comitê Organizador Rio 2016.

O Marine Stewardship Council, programa líder em certificação e rotulagem ecológica no mundo, para frutos do mar de captura selvagem, tem um compromisso forte e de longo prazo com a América Latina. Rupert Howes, Chefe Executivo do Marine Stewardship Council, expressou a gratidão e emoção do MSC sobre o acordo com o Rio 2016.

"O MSC tem a honra de trabalhar com os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016. Esta parceria oferece uma grande oportunidade para promover e recompensar a pesca sustentável no Brasil. Estaremos trabalhando de perto nos próximos anos com o Estado do Rio para incentivar a pesca local para o processo de avaliação feito por terceiros e espero que os peixes e frutos do mar pescados destes e de outros tipos de pesca que tenham cumprido com padrão MSC para a pesca ambientalmente responsável e sustentável esteja disponível para as 14 milhões de refeições que serão servidas durante os Jogos ".

O anúncio de hoje reforça o compromisso do ASC em ajudar o setor da aquicultura a se tornar ambientalmente sustentável e socialmente responsável. Chris Ninnes, presidente-executivo do Aquaculture Stewardship Council, disse: "Estou ansioso para ver muitos viveiros de pequena escala em todo o estado do Rio reconhecidos por sua boa gestão. A ação coletiva dos viveiros que entram no programa ASC, sem dúvida, tem um efeito positivo para o futuro da aquicultura na região, uma vez que se move em direção à sustentabilidade ambiental - este é um legado importante e espero que outros estados sigam o exemplo do Rio ".

"O Comitê Olímpico Organizador Rio 2016 reconhece uma visão comum com o MSC e o ASC em conservar, proteger, reforçar e apoiar os recursos naturais, incluindo a diversidade biológica em todo o mundo, e apoiar os esforços para o fornecimento responsável frutos do mar de viveiros e de captura selvagem sustentável nos Jogos de 2016. A maioria dos quais será de origem local, de viveiros de pequena escala e pesca artesanal. " diz Laurent Viguié, Gerente Brasil do ASC e MSC.

Os memorandos de entendimento descrevem como o Rio 2016 irá assumir o compromisso de priorizar frutos do mar certificados locais do Estado do Rio de Janeiro e do Brasil. O Rio 2016 também apoiará o MSC e o ASC em seu engajamento com  acionistas e fornecedores para promover  a educação e a ação sustentável  de frutos do mar certificados no Brasil.

A chamada do Memorandos de Entendimento é por projetos conjuntos a serem desenvolvidos que irão incentivar a participação nos programas de certificação, reconhecer as realizações de frutos do mar sustentáveis ​​pelos Jogos de 2016, e colaborar em projetos para educar e incentivar a mudança por parte dos consumidores. Os Memorandos de Entendimento permanecerão em vigor até 1 de junho de 2017.

Voltar
  |