O Aquaculture Stewardship Council lançou um novo filme: Transformando Aquicultura no Estado do Rio de Janeiro'” https://www.youtube.com/watch?v=m-It-lKqskI

O filme apoia os esforços do Estado do Rio de Janeiro, sua indústria de aquicultura e do Comitê Olímpico Rio 2016, para melhorar os impactos ambientais e sociais da aquicultura na região.

Visto pela primeira vez na Seafood Expo América do Norte em Boston, o filme destaca que compromissos como o do Comitê Olímpico Rio 2016, podem atuar como catalisadores para melhorias ambientais e sociais.

Fazendas se comprometendo com a certificação ASC

No filme, o Gerente do ASC América Latina, Laurent Viguié, fala com representantes do Comitê Rio 2016 para os Jogos Olímpicos e com o Estado do Rio de Janeiro; e visita algumas das fazendas que se comprometeram com a certificação ASC a fim de fornecer frutos do mar para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.

“O desafio que enfrentamos está ajudando as fazendas de pequena escala a entenderem os benefícios tangíveis da certificação ASC”, disse Viguié. “Através do programa ASC essas fazendas irão melhorar a sua gestão e reduzir os impactos ambientais. Como resultado, eles serão capazes de fornecer frutos do mar para o Rio 2016 e aumentar seu acesso ao mercado.”

O poder dos grandes compromissos para conduzir a melhorias reais

“O Brasil é um mercado muito importante para nós, um dos mercados emergentes globais, devemos demonstrar relevância se quisermos alcançar a nossa visão.” Declarou Chris Ninnes, CEO da ASC

“Os esforços que estas fazendas estão fazendo realmente mostram o poder dos grandes compromissos como o feito pelo Rio 2016, em trazer a transformação positiva da indústria. Estas primeiras fazendas no Rio irão definir as bases sólidas para o potencial de todo o Brasil e América Latina. É um grande passo do Comité Organizador dos Jogos Olímpicos, da FIPERJ e do ASC para alcançar sua visão compartilhada de um futuro de fazendas bem geridas e de uma aquicultura responsável no estado do Rio, ajudando a conservar e proteger nossos recursos naturais. Eu gostaria de estender meus sinceros agradecimentos á FIPERJ e ao Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos que têm mostrado seu compromisso em relação ao ASC “.

O Estado do Rio está entre os produtores de frutos do mar líderes no país. E, de acordo com estimativas, existem cerca de 1.000 aquicultores no estado. O estado do Rio de Janeiro contém uma biodiversidade de renome, no seu interior e nos ecossistemas marinhos. A Mata Atlântica é um dos habitats mais biodiversos e ameaçadas do mundo.

O Comitê Organizador Rio 2016 prometeu que até o momento dos Jogos Olímpicos Rio 2016 todos os frutos do mar provenientes de aquicultura que entrarão na vila olímpica serão certificados pelo ASC.

Published on
Terça-feira, 17 Março 2015
×
×
Selecione o idiomaSelect languageWählen Sie Ihre Sprache言語を選択する选择语言Seleccione su idiomaSélectionnez votre langueSelect language